Ao contrário da propaganda feita pelo executivo, a realidade é esta: a conta bancária da Câmara de Sintra não pára de aumentar e isso deve-se à falta de investimento no nosso Concelho.

Por muito que se apregoe a construção de um hospital, inexistente mas pomposamente anunciado aquando das eleições em 2017 e que servirá novamente para a campanha para as eleições em 2021, o apoio à educação mas com greves constantes por falta de pessoal auxiliar, o desinvestimento no espaço público, patente em todo o Concelho e por demais evidente quando atravessamos os seus limites e entramos em Cascais, Oeiras, Mafra… a verdade é que a Câmara não investe os recursos financeiros de que dispõe na satisfação das reais necessidades dos seus munícipes.

Se analisarmos os dados, constatamos que desde que este executivo tomou posse, o saldo bancário da Câmara de Sintra quase quadruplicou, ascendendo em outubro deste ano a mais de 165 milhões de euros!

Um Câmara Municipal deve estar ao serviço dos seus munícipes. De uma forma sustentada, deverá investir os recursos financeiros de que dispõe e não ter como principal preocupação o aumento do seu saldo bancário.

SALDOS BANCÁRIOS - Câmara Municipal de Sintra

Por muito que anuncie a construção de um hospital, inexistente mas pomposamente apresentado aquando na campanha eleitoral em 2017 (e que servirá novamente para a campanha nas eleições em 2021), o apoio à educação mas com greves constantes por falta de pessoal auxiliar, o desinvestimento no espaço público, patente em todo o Concelho, a verdade é que a Câmara não investe os recursos financeiros de que dispõe na satisfação das reais necessidades dos seus munícipes.