Obrigatório melhorar o espaço público

Melhorar é o verbo a conjugar em matéria de espaço público. A sensibilidade dos munícipes demonstra-o à saciedade!

Aquilo que parecia uma evidência acabaria por ver-se confirmado com a divulgação do Boletim "Território e Ambiente", relativo ao 3º trimestre de 2015.

Nesta publicação da CMS, através da Direção Municipal de Ambiente, Planeamento e Gestão do Território, reflete-se sobre a sensibilidade dos munícipes face às principais matérias concorrentes para um melhor espaço urbano.

A conclusão não pode deixar de ser preocupante, até porque tendo por base as reclamações rececionadas pelo GAM (Gabinete de Apoio ao Munícipe), são identificadas áreas de intervenção prioritárias, naquilo que é também uma radiografia da resposta da autarquia, que se revela muitíssimo aquém do que seria expectável e desejável.

São quase 9 centenas de reclamações apresentadas nas exposições àquele Gabinete que se reportam a desconformidades no espaço público, sendo 350 relativas aos Espaços Verdes/lazer, 240 relativas à Higiene Urbana, 195 relativas à Conservação e Reparação de Arruamentos e 108 às Atividades Económicas.

À exceção das que reclamam intervenções nos espaços verdes e de lazer, que denotam um decréscimo comparativamente aos outros dois trimestres, todas as outras apresentam um crescimento.

Sinal de que algo vai mal neste reinado. Mesmo apesar do tão proclamado investimento que a Câmara invoca estar a fazer...

Sustentados por esta informação que foi presente na Reunião Camarária do passado dia 3 de Novembro, os Vereadores do Movimento "Sintrenses com Marco Almeida", não deixaram de salientar a preocupação que este retrato suscita e de pedir informações sobre as medidas que permitam contrariá-lo.

Os maus exemplos encontram-se um pouco por todo o Concelho, mas as situações mais graves recenseiam-se nas freguesias de Algueirão Mem-Martins e Rio de Mouro.

Poderão os munícipes que o pretendam contactar o GAM através do mail munícipe@cm-sintra.pt e denunciar o que precisa de ver-se intervencionado em nome de uma qualidade de vida que se quer melhor.

TOPO