Seis freguesias de Sintra que estavam na situação de calamidade passam para a situação de contingência 30 DE JULHO LER MAIS Mais uma imagem do desleixo na conservação do espaço público CONCELHO LER MAIS Recolha a tempo e horas, será possível? RIO DE MOURO LER MAIS 179 MILHÕES DE EUROS! CÂMARA DE SINTRA LER MAIS A força das comunidades sintrenses CLUBE ATLÉTICO DE QUELUZ LER MAIS Imagens brutais que não podem deixar-nos indiferentes CANIL DE SANTO TIRSO LER MAIS
Homepage SCMA2020-08-05T10:43:31+00:00

Municípios de Cascais, Oeiras e Lisboa entre as entidades que mais investiram na resposta à COVID-19

De acordo com uma notícia do Jornal "Público", os municípios de Cascais, Lisboa e Oeiras integram a lista das 15 entidades que mais gastaram na compra de equipamentos e materiais, como máscaras e testes de diagnóstico, em resposta à epidemia de COVID-19. De acordo com o Tribunal de Contas, o município de Cascais surge em oitavo lugar com um gasto de 9,8 milhões de euros. Os outros municípios que integram esta lista são o de Lisboa, com 4,4 milhões de euros e o de Oeiras, com quase 3,2 milhões de euros). Apesar de ter uma população de 400 mil habitantes, o município de Sintra, não consta desta listagem.

Resumo da 64.ª Reunião Ordinária e Pública da Câmara Municipal de Sintra

Aceda aqui ao resumo desta reunião, que se realizou no dia 21 de julho, no Palácio de Valenças. Fique também a conhecer as intervenções realizadas antes da ordem do dia pelos nossos vereadores, bem como a posição que assumiram relativamente às várias propostas apresentadas pelo executivo municipal. [Ler mais…]

Concelho de Sintra registou o maior número de casos de COVID-19 na última semana

Com 257 novos casos, Sintra foi o concelho que registou o maior aumento de novas infeções por COVID-19 na última semana e na conferência de imprensa hoje realizada, a Ministra da Saúde referiu que Sintra está distante daquilo que se pretende atingir. Com 3476 casos registados até à data, o concelho de Sintra é também o segundo concelho com maior número de casos diagnosticados de COVID-19, apenas superado por Lisboa, com 4240, que registou 156 novos casos na última semana, menos 101 que Sintra. Conheça aqui a evolução de casos da última semana nos Concelhos que registam maior número de infetados em Portugal. [Ler mais…]

Tanto por fazer…

Esta é uma imagem obtida no dia 19 de julho, domingo, pelas 15h16, na Av. dos Bons Amigos, Agualva. O comportamento de alguns é reprovável, mas a incapacidade do Presidente de Câmara Municipal de Sintra em tratar dos assuntos básicos do bem estar dos sintrenses é inqualificável. A opção de acumular os impostos dos munícipes nas contas bancárias, com tanto por fazer, merece forte repúdio.

Cuidar das árvores para o bem estar dos sintrenses

Ao longo dos últimos meses temos recebido inúmeras reclamações provenientes de munícipes dos diferentes territórios do concelho. A falta da manutenção das árvores por parte da Câmara não se justifica tendo em conta os milhões de euros, mais de 170, acumulados nas contas bancárias. Assim queira o Presidente de Câmara. Essenciais à vida e à qualidade do espaço público, a verdade é que a falta de podagem pode constituir um autêntico problema para a saúde publica e bem estar de muitos residentes, pelas alergias que podem provocar, pelo lixo que podem fazer através das folhas caídas e por ensombrarem as casas sem que estas vejam ao longo do dia um raio se sol. [Ler mais…]

Utentes desesperam para marcar uma consulta nos Centros de Saúde

Quando em reunião de Câmara a vereadora Andreia Bernardo, eleita pelo PSD na Coligação Juntos Pelos Sintrenses, alertou para as enormes filas de utentes logo pela manhã nos Centros de Saúde, dando como exemplo o de Agualva , obteve como resposta do executivo municipal e do Presidente de Câmara, que não tinham qualquer informação que assim fosse e se deveriam ser  "coisas das redes sociais". Como podemos ouvir nesta reportagem da TSF, os utentes desesperam para marcar uma consulta numa unidade de saúde familiar. Provavelmente para Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra, da mesma forma que afirma que não há excesso de passageiros nos transportes de Sintra, também deverá considerar que não há excesso de utentes nos Centros de Saúde.

Vereadores Eleitos

Conheça melhor aqui os vereadores eleitos pela Coligação "JUNTOS PELOS SINTRENSES" nas últimas eleições autárquicas, realizadas a 1 de outubro de 2017.
Marco Almeida
Marco Almeida
Andreia Bernardo
Andreia Bernardo
Nuno Lopes
Nuno LopesVereador (em substituição)

A SUA OPINIÃO É IMPORTANTE !

Ajude-nos a conhecer melhor o concelho em que habitamos.

Tem alguma sugestão? Identificou algum problema na sua rua ou freguesia?

Quer apresentar-nos propostas para melhorar o espaço público?

Para nós, todas as opiniões contam!

Radiografia ao Concelho

EDUCAÇÃO

Qual é o nível de Escolaridade no Concelho de Sintra?

O nível de escolarização dos residentes é um bom termómetro da forma como a comunidade se organiza, que tipo de representações existem sobre a sua importância, que valoração é feita dos seus benefícios, que vulnerabilidades condicionam a sua progressão.

Conheça aqui a radiografia que fizemos ao nível de escolaridade dos residentes no nosso Concelho de Sintra.

Ler mais +

Revisão do PDM - Solicitámos informação sobre reclamações e sugestões

HABITAÇÃO

Como moram e onde moram os munícipes de Sintra?

Analisar as dinâmicas demográficas e aceder à sua radiografia por freguesia, permite percepcionar onde mora e como mora quem reside em Sintra, o que mudou ou o que não se alterou nos períodos inter-censitários de 2001 e 2011, qual a expressão dessa variação, qual a atractividade suscitada pelos diferentes locais, quais as tendências sociais em termos de maior ou menor prevalência da propriedade privada ou do regime de arrendamento, quais os valores médios das rendas num e noutro caso, oferecendo ainda o retrato do estado do património edificado ou o seu índice de envelhecimento.

Ler mais +

SAÚDE

Como vai a nossa saúde?

Com base no Plano Local de Saúde, documento estratégico e instrumento de apoio à gestão na tomada de decisão dos órgãos prestadores de cuidados de saúde, elaborado pela Equipa do Observatório Local de Saúde/ ACES Sintra, pretendeu-se dar à partilha a identificação das nossas vulnerabilidades (que são diversas, a começar pela demografia e pela estrutura familiar, a escolaridade ou a expressão do desemprego, passando pelos nados-vivos pré-termo e de termo com baixo peso), que, ao darem um contributo inquestionável para o perfil da saúde, acabam por condicionar as nossas escolhas e a vida que vivemos… e também, necessariamente, aquilo de que padecemos.

Ler mais +